Um desastre ambiental ou ecológico é um evento catastrófico capaz de, direta ou indiretamente, causar danos ao meio ambiente ou a saúde humana, como vazamento ou lançamento inadequado de substâncias (gases, líquidos ou sólidos) para a atmosfera, solo ou corpos d'água, incêndios florestais ou em instalações industriais.

As consequências dos desastres ambientais ocorridos na história da sociedade humana, podem ser sentidas por longos períodos de tempo, mesmo após a sua ocorrência.

Os principais impactos ambientais negativos que são causados à natureza quando ocorrem os desastres são: diminuição dos mananciais, extinção de espécies, inundações, erosões, poluição, mudanças climáticas, destruição da camada de ozônio, chuva ácida, agravamento do efeito estufa e destruição de habitats.

É importante tomarmos consciência, que as ações humanas têm grande poder sobre a natureza e podem gerar consequências boas ou ruíns.

Para que o homem possa contibuir com o meio ambiente, de forma positiva, algumas ações podem ser realizadas:

- Reflorestamento das áreas desmatadas;
- Criação de um processo de despoluição dos rios;
- Uso consciente dos recursos naturais;
- Conscientização das gerações futuras sobre a preservação ambiental;
- Criação de leis que garantam a preservação do meio ambiente.

A partir dos acontecimentos recentes, precisamos começar a refletir melhor sobre nossas ações, começando um novo ciclo de convivência harmônica com o meio ambiente, respeitando todas as espécies e explorando de maneira racional os nossos recursos naturais.